par perfeito

Odeio meu casamento

Desabafa > Desabafos Femininos > Problemas no Casamento > Odeio meu casamento

Tenho 19 anos e me casei com 17, meu marido tinha com 20! Acho que me casei por amor ou por algum tipo de ilusão, não tenho filhos! desde então vivo uma vida depressiva, não tenho mais amigas,todos se afastaram de mim, não trabalho, tranquei a faculdade, vivo praticamente em estado vegetativo, mas não sei porque não tenho coragem de deixa-lo, talvez medo.
Alem de tudo ele não deixa as festas, os amigos as saídas para beber e eu nessa historia toda fico em casa chorando, sempre que tento deixa-lo volto atrás, não sei porque ainda não tive forças. Ate algumas pessoas da minha família me deixaram de lado e realmente eu não sei o que fazer. Já sofri agressão verbalmente(quase todos os dias) e fisicamente.
Queria poder viver,voltar a faculdade, sair com minhas amigas, me sentir livre e feliz. Mas quando esse tipo de pensamento vem em minha mente ele desmorona na mesma hora .
É triste viver assim,talvez esse desabafo sirva para outras garotas que tem a mesma ilusão de que o Homem pode mudar da noite para o dia .IMPOSSÍVEL!!!!!!

Respostas (20)

  • Ane

    O tempo passa e os problemas continuam os mesmos, tb estou chegando aos 34, não tenho filhos, ontem brigamos mais uma vez porque ao mesmo tempo eu esta lavando roupas limpando a casa cozinhando e me preparando pra sair, tinha um compromisso marcado enquanto meu amor ou amo estava jogando video game e se exaltou com a possibilidade de eu sair sem antes o almoço ficar totalmente pronto.

  • Rosa

    Todas vcs q estao passando por isso se separem mandem ele para os qintos dos inferno. Nao façao como eu q tô com 34 e desde os 17 tô nesse ksamento horoso,e agora velha sem profisso totalmente dependede dele,se t caido fora qd o nova tinha feito facu teria amigos uma vida ñ seia o vejetal comandado q sou hj,frustrada e cheia de odio

  • sandra

    Nesse exato momento estou com muita raiva de meu marido,e eu vim até o google e coloquei,o tema :odeio meu marido! E saíram vários blogs com esse tema ,e entrei nesse,para me desabafar ,nunca me imaginei postando algo desse tipo.Mas é que esse foi o meu meio de desabafo,pelo fato de não ter nenhuma amizade confiável,nem ao menos tenho amigas para desabafar.Mas enfim …….eu me arrependo de ter me casado com esse homem ,ele é muito grosso,não respeita minhas opiniões,só as dele que são certas,perdi 20 anos de minha vida ,casada com ele,nunca me deixou trabalhar,assim que me casei tive que deixar o emprego.Conclusão ,hoje estou fora da área de trabalho,totalmente desatualizada no mercado de trabalho.Sou a verdadeira Amélha do lar.Resumindo:Foi só atraso na minha vida!Mas vou dar a volta por cima enquanto há vida a esperança .tenho 44 anos não me considero velha pra recomeçar do zero!Só preciso de força e coragem! PRONTO ESSE É O MEU DESABAFO!

  • li

    Meu casamento já foi bom hoje em dia não sei quem dorme ao meu lado.Cansei vou em. Bora :|

  • sii

    O problema é que antes do casamento eles são uns amores, mas depois ficam grosseiros, como vamos advinhar que um dia eles mudariam tanto? Eu não gosto mais do meu marido, mas não queria ficar só. Sei lá deve ser medo…

  • wadson

    olha se voces tao sofrendo e porque procuraram por isso ,afinal nao podem ver uma cara bonito que se arreganhao toda e toma na cara agora .que caçou por isso foi voces mesmas,mais agressao nao vai a delegacia e mete o ferro nele ,agora quando um homem prefere os amigos do que a mulher e porque voce pra eles era somente um trofeu agora que ganharam voces tanto faz se voces estao felizes ou nao .o negocio e tomar vergonha na cara e caçar rumo e viver a vida que nao vivem mais.

  • milva

    Mary,
    Não se deixe abalar pela opinião de quem quer que seja. Tem um ditado que diz que uma opinião é apenas aquilo que alguém tem saído lá do seu próprio cantinho do Universo. E o Universo tem muitos cantinhos, e um cantinho não é melhor que o outro.
    Não se intimide. Fale com o seu médico de confiança a respeito de como se sente, peça a ele a indicação de um profissional (talvez uma psicóloga) para ajudá-la com as suas emoções e com a sua auto-estima. Vai perceber que o que o seu marido fala ou pensa, não é necessariamente a verdade, porque opiniões há muitas e a dele não é a unica e nem a perfeita.
    Sei que você quer a sua vida de volta. Ajude-se, você pode e consegue. Dê um passo e o resto acontece.
    Força amiga! Você pode!

  • mary

    eu odeio meu marido! mas me sinto presa a ele não por dinheiro pois tenho emprego fixo, não ganho muito dinheiro mas consigo me sustentar sozinha. tenho medo de deixá-lo e não suportar a solidão. tenho baixa estima que ele me colocou!

  • Bry

    Não tá feliz, separa. Não tem coragem pede um tempo, volta pra casa de seus pais e vai pensar por 1 mês ou 2. Peça pra ele fazer o mesmo, pensar sobre essa vida que estão levando.
    se no fim desse periodo vc não sentir vontade de voltar, não volte e vá viver sua vida. Geralmente as pessoas não conseguem separar porque ficam dependentes de uma pessoa, dar esse tempo separados ajuda a vc desapegar, e se for amor de verdade da parte de vocês, vc vai saber e poderam conversar e recomeçar sua vida. Caso contrario vai refazer sua vida.

  • Catiane

    Meu casamento ta frustrado, desde que casamos tudo mudou e para pior, ele não me ama e eu não o amo mais, caímos na rotina e agora a convivência ta difícil. Me arrependo amargamente.

  • nicki

    Meu casamento anda uma droga além disso só porque eu não trabalho ele acha q pode sair pra ir pro bar beber me deixar em casa e se eu cobro dele ele diz q eu não tenho direito pois ele me sustenta. Eu penso q eu não tenho coragem de de deixar ele porque minha família sempre ta do lado dele só porque ele me da as coisas mais do adianta isso se ele prefere ta com os amigos do q comigo já faz 2 anos q estou casada e ele também e muito severgonha olha pra outras mulheres e eu me sinto um lixo não sei o q faço da minha vida tenho medo de ir embora e não ter o apoio da família ou não conseguir trabalho ando muito triste com tudo isso.

    • marly

      Nicki, sei o que você está sentindo, ah como sei. Pois é conversinha dele que ele tem direito a sair, beber e deixá-la sozinha porque você não trabalha. Quem disse que você não trabaçha?… Você trabalha sim, e muito! Quem ajeita a casa? Quem lava e passa? Quem prepara a comida e lava as louças?
      Pois então. Se ele fosse custear tudo isso, me diga. Em quanto ficaria a lavanderia? E a cozinheira? E a faxineira?
      Mas isso eu e você já sabemos. E ele finge que não sabe talvez. E quem acredita nele, não deve ter feito essas contas.
      Mas não se entristeça. Orgulhe-se da mulher que você é. Você é uma mulher valorosa e bonita como qualquer outra, não deve nada a nenhuma, pois você nasceu mulher e é mulher, portanco com toda a graça do nosso sexo! Ele é que não presta para ser um marido amoroso de verdade, assim como muitos.
      Mas… não adianta tentar dizer isso a ele ou convencer as pessoas. Só geraria brigas, discussões inúteis e fofocas.
      Você pode dar uma virada, amiguinha. Quietinha, e quem sabe não arranja aí alguma colocação profissional? E daí em diante você terá talvez mais autonomia para decidir o que fazer, querida.
      Pense com carinho nisso.

  • Micy

    Eu passo as mesmas coisas não São só vocês… estou cansada do meu casamento, me casei com 21 anos e me arrependo muito… já sofri agreções físicas e psicológicas mas não consigo deixa-lo estou com medo disso um dia acabar em tragédia…

    • matuto

      Moça, quando um homem chega ao ponto de agredir, cuide-se bem. Não deixe que isso ‘vire moda’ não. Estão aí as Delegacias para isso.
      Não provoque, mas não permita agressões jamais. Você tem direito à sua integridade fisica e emocional.
      Caso não se sinta segura para tomar alguma medida, crie coragem e vá sozinha e em secreto falar antes com um advogado. Ele vai orientar como proceder para defender-se. Pode até mesmo ir a uma Faculdade de Direito: elas normalmente inclusive disponibilizam serviços de atendimento gratuito à população para orientações em geral.

  • lia

    meu marido e assim diz q vai mudar e nao muda eu estou enojada mais nao deixo ele porque me da otima vida finaceira,mais nao me da carinho parece ate aqueles coroneis de antigamente ele tm 32 anos e eu 27.temos uma filha de 4m e eu tnho uma outra de 6a de outro casamento. por isso n o deixo.

    • raquel

      Não, acho que ele não muda não. Ele sabe que você depende dele também por causa das garotinhas.
      Ok, então. Ele parece que ‘aceita’ que as coisas sejam assim, correto? Pois bem. Aceito o jogo, ‘apanhe a sua parte’. Ele acha que dinheiro compra tudo? Que seja, então ele está certo. Mas… que seja alto o seu preço!…
      Ele precisa saber disso? Não.

  • maisa

    ola amigas, no meu caso eu casei com 18, ele era um principe no namoro, mas depois do casamento pois as manguinhas de fora… ja mi agrediu fisicamente verbalmente, é uma tortura! so que no meu caso eu tenho uma filha de 2 anos é muito dificil. hoje tenho 23 e ele 26, ja estamos casados a 5 anos. as veses ele fala que vai mudar, passa umas duas semanas uma maravilha, mas depois volta a ser o mesmo de sempre….. Eu ja aguento por muito tempo, parece ate que ja acomodei com a situação, mas amigas vou dar um conselho homem não muda………..

    • safirinha

      Verdade, eles não mudam mesmo. Ninguém pode aliás modificar a própria ‘essencia’. Só podemos modificar a nós mesmos, digo as nossas atitudes, os nossos modos de encarar as coisas, os nossos modos de agir.
      Sempre penso: que comece por mim. Porque o outro, vá lá saber quando ele pretende promover modificações.
      Sabe, não falo pra você vai embora da vida do seu marido e leva a sua filhinha. Isso compete a você decidir. Mas uma coisa eu digo: você é nova e inteligente, pode ir ‘silenciosamente’ procurando uma colocação profissional, ver um lugar para morar mediante isso, etc. Claro, é tudo a médio e longo prazo. Porque uma coisa é certa: isso não faz bem nem para você e nem para a sua garotinha.
      Mas isso você já sabe, quem sou pra precisar dizer. É que eu sei o quanto dói isso, amiguinha.
      Me diga uma coisa, ele bebe ou usa drogas? Aliás, ele trabalha e custeia a casa, etc? Digo isso porque sei alguma coisa sobre alcoolismo e dependencia quimica, e nesses casos é muito comum o parceiro agredir verbal e fisicamente em casa, etc., e fica bem uns dias e depois volta a agredir.
      Então se for o caso, fica a dica: procure o site do alcoolicos anonimos. Telefone lá, e procure obter o endereço de onde pode comparecer pessoalmente para receber orientação de como lidar com isso na sua casa. Seu anonimato e o do seu marido serão totalmente mantidos e nesses locais não terá custo algum para as ferramentas de ‘defesa’ que alí obterá.

  • s

    Não importa pelo que se casou. Importa o tipo de casamento que obteve.
    O rapaz não parece muito interessado numa vida de ‘casado': frequenta os amigos, as festas, bebe, etc. Por ultimo, como se não bastasse, investe contra você fisica e verbalmente, o que é inadmissível num homem digno e bem-intencionado.
    Ora, se você não tem filhos, é ainda mais livre para gerenciar a sua vida de modo mais independente! Então porque não partir para a ação?
    Abandone essa miserável condição em que se encontra. Vai poder retomar a sua vida aos poucos, após refazer-se emocionalmente. E se o caso, procure ajuda profissional: seu médico de confiança e/ou uma psicóloga muito poderão ajudar na transição.
    Voltará a estudar, arranjará um trabalho, comprará roupas novas, reatará antigos contactos inclusive dos parentes e também conhecerá novas pessoas! Não quer a sua vida de volta? Não sonha em respirar novamente? Não quer voltar a sorrir? Pois então! Você pode, você consegue!
    Dê o primeiro passo, mova-se ainda que a custo. Vai valer a pena!

  • TH

    É minha cara… Acho que somos duas. Eu me casei por ilusão, não culpo ninguém além de ser a mim mesmo. Sabe, me casei com 16 anos e fazem quatro meses apenas… Sabe eu não me vejo feliz e, ele mudou. Ele mostrou as manguinhas dele e, também… Ele tem 20 anos. Sabe querida… Eu não vejo a hora de gritar e gritar bem alto que um dia serei livre e poderei retomar minhas amizades e minha liberdade. Eu cansei do meu casamento e cansei da minha vida ao lado de alguém tão egoísta e egocêntrico. Sabe… Eu não vejo a hora de um dia tomar coragem e dizer “quero o divórcio”. Enfim, espero que tudo ocorra bem, assim que eu também espero que ocorra bem para eu. Um beijo.

Aviso
O conteúdo que estás prestas a ver pode ser considerado ofensivo ou inapropriado. Poderá ser necessária autorização por parte de um adulto. Se não tens mais de 18 anos ou és facilmente ofendido/a clica em Sair.